Look || All Black


Body: H&M || Calças: Chineses || Sandálias: Calçado Livânia || Óculos da Denise: Lefties
Há muito tempo que não usava um look completamente preto. Já lá vão os tempos de adolescente em que SÓ vestia preto e também os tempos em que me convencia de que o preto «adelgaçava», no entanto, desta vez quis fotografar algo que não vestia há algum tempo. É raro usar este body, desde que comecei a trabalhar. Não por achar que é algo demasiado ousado, mas porque não me sentiria à vontade no contexto profissional. Caso não se sintam à vontade com o decote do body, podem sempre colocar um top por baixo e já fica mais discreto. 
A questão dos braços à mostra já deixou de ser impedimento para este tipo de looks. Combinei a parte de cima com umas calças de cintura subida e fui confiante de que poderia ser quem eu quisesse naquele momento. Estas são o meu par de eleição quando não sei o que vestir: vão com T-shirt, com blusa, com tudo! Com sandálias, com sapatilhas, com saltos! Acho que é uma das peças que cada uma tem que ter. 

Afinal, o que é SER professor?


Na semana passada, a 5 de Outubro, além da Implantação da República, celebrou-se também o Dia Mundial do Professor e dei por mim a pensar «afinal, o que é SER professor?»...

Ser Professor é dar colo. Dar apoio emocional, dar carinho, dar um abraço (e receber também). É saber amparar o aluno que nos chega às mãos nervoso, emocionalmente frágil, mas com tudo para dar. Costumo pensar muitas vezes no reforço positivo, de que tanto se fala agora, e que quando era pequena não tive, e tento dá-lo sempre, mesmo que depois de um erro. 

Ser Professor é lutar contra o «mas eu não consigo!» a toda a hora. É fazer o aluno acreditar nas suas capacidades, mesmo que ele se recuse a transformá-las em algo positivo. É ser capaz de explicar a mesma coisa, repetidamente, de formas diferentes, ao aluno que não percebe que 1 + 1 é igual a 2.

Ser Professor é alertar. É dizer aos pais que algo não está bem, é dar-lhes a 'má' notícia de que um filho pode ter uma dificuldade de aprendizagem e que será necessário agir o quanto antes para que essa mesma dificuldade não o faça passar por 'burro'. É precaver, preparar, quase que prever. É analisar rabiscos e letras tortas, vocabulário confuso e escrita estranha, a fim de podermos ajudar uma criança a compreender por que razão as letras saltam de lugar ou porque não consegue manter sentado.

Ser Professor é aturar birras. Desde pequenos a grandes! Choro, dores falsas de barriga ou cefaleias que não existem. Desculpas sobre o trabalho de casa, o tempo e a pouca vontade de estudar. É, muitas vezes, metade da aula de amuos e outra metade de trabalho - forçado, dizem eles.

Ser Professor é drenante. Sabem aquelas publicidades dos tira-gorduras? Ser Professor tira a energia, tira a vontade e o tempo de estar com a família e com os amigos porque há sempre coisas a preparar, a enviar ou corrigir. Às vezes tira mesmo tudo, até a paciência. O meu sonho é que um dia ainda se vendam frasquinhos na farmácia.

Ser Professor é uma vocação. Cada vez me convenço mais disto. Que só o faz quem ama ensinar, quem adora lidar com alunos de várias idades e de diferentes disciplinas (no meu caso, do 1º ao 12º, em 4 línguas). É saber que há sempre muito trabalho pela frente, muita responsabilidade, muito esforço, que pode não ser valorizado pelo outro lado.

Ser Professor é especial. É aprender todos os dias. É fazer parte do percurso de uma criança ou adolescente, e vê-los, com o passar dos anos, tornarem-se adultos. É por vezes receber um 'obrigada', um abraço ou um beijo que não estávamos à espera e que sabe a chocolate. Às vezes também ganhamos piolhos, mas acontece!

Primark || Lightening Shade Adjusting Drops

Hoje vou falar-vos de um produto milagre. Sim, leram bem: produto milagre! Já há algum tempo que este tipo de gotas surgiu no mercado. No entanto, só damos realmente conta do jeitaço que isto faz quando estamos na transição de 'até tenho uma corzinha para branca como a cal' ou vice versa! 

Então, afinal, para que serve este produto em específico? Estas gotas da Primark, custam 5€, e servem para ajustarmos o tom da nossa base. Se a base é muito escura, um bocadinho deste produto - e quando digo um bocadinho, é mesmo só um bocadinho - altera o tom e torna-a mais clara, sem mudar a sua consistência.

No caso deste produto, tenho apenas o clareador, mas há também o escurecedor, para quando queremos tornar uma base mais escura. 

Para finalizar, a minha opinião é mesmo muito positiva sobre este produto porque, por pouco dinheiro, não altera a textura da base, não dá brilho indesejado, e cumpre o que promete! Estejam atentas, que no próximo vídeo falarei mais um bocadinho sobre estas gotas!

VERNEY || Há quanto tempo não lemos 'Made In Portugal'?

 Hoje vou falar-vos de uma marca muito especial - a Verney
Vamos fazer um exercício...há quanto tempo não lemos nas nossas etiquetas, nos nossos produtos, Made In Portugal?
A Verney produz sapatos à base de materiais amigos do ambiente: fibras sintéticas e naturais, sem vestígios animais na sua composição. É completamente animal cruelty-free, nem mesmo nas colas, TOTALMENTE APROVADA PELA P.E.T.A. e fabricada em Portugal! 

Os produtos têm um design com uma inspiração nórdica, com uma gama completa de produtos, desde sandálias a botas, com linhas intemporais. São feitos de materiais inovadores, como forro à base de cereais. Tudo isto, sem comprometer a sua qualidade e conforto. Aliás, as Vânia foram as minhas sandálias de férias, andei quilómetros e quilómetros em pleno calor, subi castelos e nem dores nos pés tive!

Look || Gorda não pode Crop Top?

Quando és pequena as pessoas começam por te dizer que podes ser o que quiseres. Princesa, astronauta, jogador de futebol, treinadora de golfinhos... À medida que vais ganhando tamanho, vão-te impondo limites, barreiras, medos... 'Olha que nem toda a gente é jogador da bola... Olha que assim não ganhas dinheiro... Olha que tens que ter um trabalho a sério...' Isso vai entrando na nossa mente e guiando as nossas escolhas desde tenra idade.