Os meus novos óculos || FIRMOO

Se acompanham as minhas redes sociais, como o instagram e a página do facebook aqui do estaminé, já sabem que tenho uns óculos novos, que são lindos e maravilhosos! São o modelo #LYC1146, da Firmoo, e podem ser vistos aqui. Descobri há pouco tempo que precisava de usar óculos a tempo inteiro e pensei «ora porra, que já não aguento os quadrados!». Foi então que surgiu a Firmoo, com uma parceria e me propôs escolher um par de óculos graduados, de entre uma seleção gigante feita para bloggers, e pagar apenas os portes de envio, cerca de 14€. A Firmoo é uma empresa que envia de fora da UE, por isso haveria sempre a possibilidade de ter que pagar taxas na alfândega. Quando os questionei sobre este assunto eles comprometeram-se a pagar essa taxa, embora nem tivesse sido necessário, uma vez que a encomenda chegou super rápido e sem problemas nenhuns. 

Como lidar com a ansiedade?

Hoje decidi trazer um post mais sério, vamos falar sobre ansiedade. Eu tenho-a, manifestada através de uma Perturbação Obsessiva Compulsiva, e está no top 3 das maiores doenças a nível mundial, em 2º lugar. Sim, a ansiedade é uma doença e, como todas as doenças, deve ser tratada - e não há nada de errado nisso. 
É importante que percebam que a ansiedade acontece porque o nosso corpo não liberta certas hormonas necessárias ao nosso funcionamento, como a dopamina e a seretonina, por exemplo. Pessoalmente, na minha família há uma predisposição genética para este tipo de maleita. Aqui em casa somos quatro ansiosos. Quatro com medicação. 
Aos 4 anos, a ver a Lassie, já me sentia inquieta e chorava porque «a cadelinha estava muito triste», o que sempre indicou que seria uma pessoa muito ansiosa. Penso muito por antecipação, sofro por antecipação e nunca desligo. 
A ansiedade manifesta-se de forma diferente nas diferentes pessoas. Comigo, eu tenho dores no corpo todo, maioritariamente no peito e braço esquerdo. Sinto sempre uma pressão muito grande, como se tivesse um aglomerado de tijolos em cima do meu peito... Cada caso é único, por isso devem sempre procurar um profissional, e a minha ansiedade só acalma com medicação específica para o meu caso, nada mais. No entanto, deixo aqui dois pontos que acho importante focar:

⇒ Coisas que podem ajudar (para quem sofre de ansiedade):
Fazer uma atividade que liberte seretonina e vos faça sentir felizes: - no meu caso, cantar...
Respirar para um saco de papel - limita o nível de oxigénio no nosso cérebro, deixando-o mais lento.
Medicação SOS e consultas de terapia - eu tenho sempre comigo um comprimidozinho.

⇒ Coisas que agravam a situação (para quem convive com pessoas com ansiedade):
Aproximar-se demasiado - é necessário deixar a pessoa ter o seu espaço.
Dizer coisas como «tens que respirar fundo...tens que te acalmar...tens que pensar noutra coisa» - nós sabemos que é o que temos que fazer, mas nem sempre o nosso corpo nos permite fazê-lo.
Perguntar «o que aconteceu? porque é que estás assim?» - muitas vezes, nem mesmo nós sabemos...
Tocar na pessoa que está a ter a crise - este ponto varia um pouco, mas no meu caso eu apenas suporto que me ponham a mão na cabeça. Costas, por exemplo, em modo de conforto está fora de questão porque o peso da mão da pessoa multiplica-se por mil naquele instante.

Quem mais por aí sofre de ansiedade? Deixem aqui nos comentários as vossas experiências.
Nunca se sabe se podem ajudar alguém que esteja na mesma situação!

Catarina Na Cozinha | Lasanha de Beringela

Depois de muitos pedidos, cá vos trouxe a receita da tão esperada lasanha! Este é um prato SUPER saudável (e digo isto porque foi a minha nutricionista que mo ensinou) uma vez que não envolve a típica massa que costumamos usar, nem molho bechamel. Então, do que precisamos?

Ingredientes:
🍆 400 gr de beringela (= uma inteira bem grandinha)
🌱 400 gr de brócolos (= duas 'árvores' médias)
🍗 400 gr de carne picada
🍅 4 tomates
🍃 1 cebola
🍲 1 queijo mozzarella
🌿 sal, alho, pimenta, salsa (e quaisquer especiarias que gostem) q.b.

Preparação:
Num tacho, juntar a carne picada, a cebola cortada, os tomates (com ou sem pele) desfeitos e temperar a gosto. Enquanto o preparado cozinha, colocar os brócolos a cozer até ficarem bastante moles (são para desfazer também). Cortar a beringela ao comprido, em fatias finas. Estas vão substituir a massa e ser colocadas em camadas. Juntar os brócolos desfeitos ao preparado já cozinhado e misturar tudo muito bem.

Forrar o fundo da travessa (ou pingadeira, como diz a minha mãe) com a beringela fatiada. Não é preciso muita quantidade, só a necessária para servir de base. Não se vai pegar ao fundo, uma vez que a própria beringela liberta água. Depois da primeira camada, alternar o preparado da carne e dos brócolos com as restantes fatias. No meu caso, costumo fazer, além da camada base, mais duas alternâncias e terminar com queijo mozzarela fatiado por cima.

Vai ao forno a 250º durante uns 30 minutos, mas se o vosso forno foi muito potente, assim que virem que começa o queijinho a fervilhar, diminuam para 180º. Eu, pessoalmente, gosto da beringela MESMO tostadinha, caso contrário sabe-me a borracha, mas é uma questão de ir olhando para o forno e vendo a consistência que ela ganha.


E pronto, este foi o primeiro episódio da Catarina na Cozinha, mostrem-me os vossos resultados no instagram ou no facebook, identificando-me!

Brace Yourselves...


O post sobre a Sports Wear da Boutique da Tereza está a chegar!
Esta semana tive a oportunidade de experimentar a nova linha de desporto da Boutique e digo-vos que está mesmo fenomenal! Moderna, confortável e adaptável a todos os tipos de corpos! Em breve uma review aqui no blogue!

2018 || Como me organizo?


Para quem não sabe, eu sou uma freak da organização! Tenho obrigatoriamente que ter comigo todos os dias o meu organizador semanal ou sinto que me falta sempre alguma coisa. É como sair de casa sem as chaves, o telemóvel, ou qualquer outro item indispensável. Quando não tenho mais espaço na mala e o planner acaba por ficar em casa sinto-me ansiosa o dia todo. Faz parte do facto de também ter uma Perturbação Obsessiva Compulsiva e um nível de ansiedade elevados. Hoje mostro-vos como organizo o meu dia a dia e o que uso para keeping track de todas as coisas que tenho que fazer!

Coisas imprescindíveis para a minha organização:
⇾ Planner semanal da Mr. Wonderful (podem ver aqui)
⇾ Agenda semanal (oferecida pela Embelleze)
⇾ Porta lápis (também oferecido e com o Fernando Pessoa estampado, claro!)


Este ano optei por um organizador por ser mais fácil visualizar a semana toda e os afazeres. Traz imensos autocolantes fofinhos e engraçados para embelezarmos as páginas. Uso-o para o trabalho e coisas que envolvam pouca escrita. A agenda, uso-a sobretudo para manter o meu orçamento financeiro e para anotar ideias, projetos e datas para o blogue, bem como datas de casamentos e trabalhos de maquilhagens.