26.9.16

Review || AVON - MakeUp Setting Spray

Toda a gente me falava deste setting spray, não têm noção! Era em grupos, em conversas, em comentários no blogue, em todo o lado! Tanta era a curiosidade, que decidi experimentar...Não foi necessário mandar vir, porque, como sabem, faço parte do leque de bloggers da AVON e a marca enviou-me o produto assim que o pedi. No entanto, só costumo falar de produtos que gosto aqui no blogue, e por isso é que hoje vos trago este em especial.

Este produto tem como função selar a maquilhagem depois de a colocarmos, fazendo assim com que a mesma dure mais tempo. Tal como a maior parte dos sprays fixadores, dá também um toque de hidratação à pele. Não é um produto pegajoso e tem na sua composição vitamina A, C, e E para cuidar da pele e atuar como antioxidante.

Usei e abusei dele nos meses de mais calor, e comigo funcionou muito bem. Nos dias de mais calor utilizava-o logo a seguir à aplicação da base, deixava secar, e novamente quando terminava tudo. Não só fez com que a minha maquilhagem se aguentasse mais tempo, como, muitas vezes, segurou o glitter que usei, pegando num pincel e borrifando-o, para que fixasse melhor.

O preço ronda os 10€ e pode ser encomendado através de uma revendedora.
Image and video hosting by TinyPic

22.9.16

O teu corpo é teu!

Estava deitada no sofá, de pijama, e comecei a pensar nas imperfeições do meu corpo, e no quão difícil é, por vezes, sentirmo-nos perfeitas, quando só reparamos nas partes negativas. 

O corpo feminino é como peça de arte. Tem as suas formas, tem a sua sensualidade só por ser assim, feminino, natural. Cada corpo é especial e uma obra de arte na sua forma.

Tinha que sair. Vesti umas calças de ganga e uma camisola do mais básico que há e nem me maquilhei. Enquanto me vestia olhei para a celulite, para as estrias, para as marcas que o meu corpo adquiriu ao longo dos anos...e pensei «oh my god, who cares?» e acabei de me vestir... 

Fui pelo caminho a pensar que não eram os outros que influenciavam a minha forma de olhar para o meu corpo, mas sim a forma como eu o vejo todos os dias. Não é aquele gajo que não me acha gira o suficiente para me convidar a sair, ou a senhora da paragem do autocarro que acha que engordei demasiado, ou a família afastada que acha que cai um santo do altar se decidir senti-me bem comigo mesma. Sou eu. Eu é que dito se me sinto uma boneca ou uma bombshell. 

E se me sinto mais sexy num look mais arrojado, porque é que não poderei sentir o mesmo de calças de ganga e Tshirt ou até de pijama? Guess what? I do feel sexy in a pijama...
Image and video hosting by TinyPic

21.9.16

Da pausa à continuidade...


Já vos tinha dito por aqui e lá no facebook que ia parar uns tempos. Precisava de uma pausa, de uns dias para me afastar, para pensar, precisava de tirar férias. Férias de pessoas, inclusive. Precisei que pôr a cabeça em ordem e tomar algumas decisões em relação à minha vida pessoal, sobretudo.

Passei uns dias na Lixa, na casa da Diana, do Dilicious Blush, que se tornou conhecida por causa da bloggosfera e amiga pelo coração, e que me acolheu quando eu precisava de 'fugir'. Com ela, fiz a minha primeira tatuagem, com um significado muito especial, e agora está na altura de continuar.

Por isso, vou aos poucos voltar ao blogue e ao canal, e também à rotina do trabalho. 
Image and video hosting by TinyPic

7.9.16

É favor descobrir-se!


Hoje deparei-me, como que um sinal, com esta placa. «É favor descobrir-se». Como se fosse tão simples como pestanejar. Não é, mas há alturas em que temos que percorrer um caminho que não é simples. Nem óbvio, já agora. 

Olhei para a placa e encarei-a como uma ordem: «É favor descobrir-me», e tenho feito dela a minha missão. Uma missão que vou levar com calma, porque o tempo há-de ajudar. Tenho pensado muito, tenho chorado muito, tem doído muito, mas aos poucos vou chegando a um consenso comigo mesma, a um consenso com a razão. E o coração lá se vai colando aos poucos...

Volto em breve.
Image and video hosting by TinyPic

31.8.16

Ponto e vírgula


PONTO E VÍRGULA:
- Marca uma pausa maior, seguida de uma continuidade.
- Usado para separar as várias partes distintas de um período, que se equilibram em valor e importância.

A minha primeira tatuagem não seria esta, mas dada a altura e o significado sabia que a minha escolha seria perfeita. Às vezes, precisamos de parar. Precisamos de uma pausa, precisamos de descansar. E eu tentei continuar, sem ligar ao que sentia, mas estou cansada. E preciso de uma pausa ainda maior, de um ponto e vírgula na minha história, que sei obviamente que ainda não terminou, mas que precisa de parar, antes de poder continuar.

Cada um de nós tem os seus problemas, as suas preocupações, aquilo em que pensa antes de dormir. Eu penso em não acordar, ou em acordar de cabeça livre, mas não consigo. Por essa mesma razão, preciso de me distanciar um pouco, inclusive do blogue, arrumar as ideias, fazer escolhas e, sobretudo, seguir caminho.

Este processo leva tempo, e de nada me adianta apressá-lo, porque sei que não vai dar certo se o fizer. Já tentei, não resultou. Agora volto a tentar, com mais calma, com mais consciência. O blogue não vai a lado nenhum. Eu não vou a lado nenhum. Estamos só em stand by, e a recuperar forças para voltar.
Image and video hosting by TinyPic